Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


22 de junho de 2009

Em caso de tristeza vire a mesa


Milágrimas

Em caso de dor ponha gelo
Mude o corte do cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema dê um sorriso
Ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo
Se amargo foi já ter sido
Troque já esse vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada mil lágrimas sai um milagre

Em caso de tristeza vire a mesa
Coma só a sobremesa, coma somente a cereja
Jogue para cima faça cena
Cante as rimas de um poema
Sofra penas viva apenas
Sendo só fissura ou loucura
Quem sabe casando cura
Ninguém sabe o que procura
Faça uma novena reze um terço
Caia fora do contexto invente seu endereço
A cada mil lágrimas sai um milagre

Mas se apesar de banal
Chorar for inevitável
Sinta o gosto do sal do sal do sal
Sinta o gosto do sal
Gota a gota, uma a uma
Duas três dez cem mil lágrimas sinta o milagre
A cada mil lágrimas sai um milagre


Alice Ruiz e Itamar Assumpção

VALERÁ A PENA OUVIR TODA A CANÇÃO !

20 comentários:

exoticlic.com disse...

uhullll adorei a cada mil lagrimas faça um milagre

Tetê disse...

Helô,

seu comentário no blog de Érre me trouxe aqui,
foi uma viagem e tanta...

Encantada!

rm disse...

Ah, então a letra é, na verdade, dessa moça?

Conheci (e gostei muito) a canção num post da Udi, no RM NO VERBO (http://verbofeminino-rm.blogspot.com/2009/06/mulheres-choro-logo-existo.html).

Mas tinha achado feminina demais para ter sido escrita por um homem...

Ricardo Calmon disse...

Belle overture para segunda essa,Helô Linda Nossa!

È Preciso Saber Viver!

Viva a Vida!

Gleidston disse...

deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada mil lágrimas, sai um milagre.

Essa ultima estrofe é linda por demais,suas escolhas Helô,são excelentes,parabens.

Semana abençoada pra voce.

beijo!

Barbara disse...

Será que já derramei 1000 lágrimas este ano?

Blue disse...

Virar a mesa, como fazer? Preciso aprender. Rezar uma novena, muitas já rezei. Faltou talvez fé. Mudar de endereço, já fiz também, mas levei meu coração junto e aí este foi o erro...

Beijos

Kleiton - Simplesmente Ser disse...

Deixando um beijo carinhoso esperando que tudo esteja se resolvendo na sua vida linda, virar a mesa, sacudir a poeira, começar de novo, são atitudes as vezes difícil de se tomar, mas sempre necessário para quem acredita na beleza da vida, bjos.

Erica Maria disse...

Adoro esse poema!!

Bjos minha linda amiga!

PEKADUS disse...

Oi Helô..

É verdade,e eu ja virei..a mesa..

Bjo cheio de Pekadu em ti..

Teca disse...

Helô,

"...Saia do sério deixe os critérios..."

e vamos virar a mesa!!

Abçs
!

Francisco disse...

Já ando de "olho seco"...e nada de milagres!
Vou continuar tentando!
Um beijão! (sniff, sniff, buááá!!)

Avassaladora disse...

Helô, a música é linda!

Cantada ou lida...
Música ou poesia...

De uma poesia que só Alice Ruiz seria capaz e com Itamar deu no que deu...rs

Uma música maravilhosa!

Beijos!

joyce domingos disse...

''Em caso de tristeza vire a mesa
Coma só a sobremesa, coma somente a cereja
Jogue para cima faça cena
Cante as rimas de um poema''


UAU^^estou feliz de,nessas andanças de blog em blog,encontrar este,que tem toda uma atmosfera
que une algo de sexy e muito bom gosto^^

adorei^^

voltarei^^

exoticlic.com disse...

sobre aquele psicolo doidão eu discordo de A até Z nele... seria mta hipocresia do universo com a gente se não houvesse algo mais nós não somos só um amontoado de ossos e pele tem algo maior se é astrologia, paranormalidade, energia mental... não sei mas tem si experiencia propria assim como vc.

Elaine disse...

Olá!
Ui, de arrepiar! Tanto letra quanto melodia...
Beijos.

Serena Flor disse...

Olá, boa noite!
Não sei se você gosta de receber selinhos,
caso goste tem um te esperando em minha galeria
de selos localizada na coluna vertical do "Alma Poeta" ok?
É só clicar na imagem para entrar.
Um grande beijo e boa noite!
http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=5648420140410498465&postID=3857341582512251398

Paulo disse...

Vira tudo, até a mesa!
Vira sangue
vira bicho
gota a gota infernal...
banal
mas vira a mesa!

Paulo Tamburro disse...

Gostei do texto, gostei da música, gostei dessa boca entreaberta esperando que alguém se apresente.

Uma delícia, no sentido antropofágico do termo sensual, uma beleza quanto a estética de lábios tão convidativos e uma frustração do ponto de vista desta "realidade" virtual, na qual você me coloca tão perto dos maiores espetáculos da terra e eu sempre me sentindo tão distante , como se estivesse em Marte!

Oh,vida!!!

Christi... disse...

Minha querida, sempre vale á pena, ler, degustar e ouvir Zélia Duncan. Amo esse radinho que bota junto ás postagens, um luxo só aqui.

Beijo monte