Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


27 de abril de 2009

RaJadaS De UmA PaiXão...


Amores vêm e vão como o vento!
Alguns nos descabelam, nos tiram o fôlego,
nos deixam sem ar...
Outros são serenos, tranquilos,
tal qual brisa do mar...
Todos deixam rastros,
por vezes estragos, por vezes afagos
Não há como evitar, muito menos negar,
que um dia todos partirão!
Mas há os que ficam no coração,
de onde nunca mais sairão...
Tu vieste como a fúria de um tufão
Caí indefesa nos braços da paixão
Mergulhei fundo no tesão
Perdi a razão
Fui toda emoção
Escravizei meu coração!
Muitas vezes disse não,
outras tantas rendi-me à sedução
e novamente tua,
por mais de uma ocasião!
Passaste como um vendaval
e seguiste teu curso natural,
sem se dar conta de que junto contigo
carregas o meu coração!


Helô Müller
26/abr/09

4 comentários:

Erica Maria disse...

Ah, que lino poema minha amiga!

Bjos em teu coração!

Glória Müller disse...

Muito bonito e sensível, minha irmã!

J. Araújo disse...

Olalá< finalmente agora temos uma janela para os comentários. Quero agradecer pela visita há alguns dias atrás em mu blog. Tentei aqui por várias vezes achar um link para comentários; foi impossível encontra-lo. Agora sim. Queria naquele dia ter dito tanta coisa; não foi possível.

Vendo seu perfil, achei o ´maximo' nteressantissimo. Vc parece mesmo uma pessoa bacana por d+. Com referencia ao poema lindo; quanta inspiração. Parabéns, continue poetina.

Bjssss

Blue disse...

Com certeza Helô,
amores são como vento,
vão e vêm conforme a brisa,
marcam e deixam rastros,
que muitas vezes sangram,
por muito tempo.

Beijos e parabéns pela linda foto a enfeitar esta tua linda poesia.