Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


25 de junho de 2012

Garçon, traz a conta, por favor!!!

 
( Eu, aos 56 anos)



A cada dia, a vida me mostra que não tenho poder algum de barganha!
A cada conquista, inevitavelmente, uma perda!
Uma amizade conquistada e surge um empecilho a me atrapalhar a manutenção!
Um amor tão esperado e a vida me toma, sem a menor compaixão!
A cada novo dia de vida, mais uma benção, mas ao anoitecer, mais uma insatisfação!
"Aceitação" é a palavra chave!
De que me adianta manter a chama da sedução, se o troco é mais desilusão?
De que me adianta um ganho, se advindo de mais uma fração em meu peito?
A cada nova aquisição, a impressão de estar preenchendo um imenso vazio no coração...
Ledo engano...
E dito e feito: mais uma frustração!
Lucros e perdas, eis a contabilidade da vida!
Não há como negar, que a cada conquista, há um preço a se pagar!
A cada "sim" há um não dito lá atrás...
Mas, doa o que doer, nada faz sentido sem o sofrer!
A constatação de que não há ganho sem perda - é o nosso lucro - por mais incoerente que isto possa parecer!
Não há dor que não traga um ganho, mesmo que não sentido de imediato!
A cada passo à frente, não há volta - tudo ruiu - e na vã tentativa de nos equilibrarmos numa rota ainda desconhecida, balançamos freneticamente os nossos pés no ar, torcendo pra que uma nova estrada logo se avizinhe e novamente nos dê chão!
É... não tem jeito, não, minha gente!
Só nos resta pagar a conta, custe o que custar!
A velhice é o preço da vida!
E as lágrimas, que escolhem navegar pelo sulco que mais lhe apetecem em nossas faces, nos deixam além de um amargo "sapore di sale" e a "leve impressão de que já vou tarde", um viço e um brilho no olhar, impagáveis!
Sigamos adiante, "apesar de", pois o saldo de tudo jamais será contabilizado se não por nós mesmos!
E isto basta!
Garçon, traz a conta, por favor!!!



Helô Müller
24/jun/12

5 comentários:

Helô Müller disse...

Um pequeno desabafo...

. disse...

Mesmo desabafando está linda.
Desabafar é preciso Madona.


Abraço Abstrato

. disse...

Lendo mais uma vez, te digo que lindo desabafo, Madona

Conde Vlad disse...

PAAAAAAAAAAAAAAARA HELO. Poxa... vim aqui no momento certo. Me recuso a crer que você desistiu da felicidade.

Poxa... você não faz idéia de quantos admiradores tem, Eu mesmo sou um destes que um dia já ficou encantado com você, mais sem ser notado, deixei pra lá.

O foda é que muitas mulheres me vêem como um jovenzinho e talvez contigo não seja diferente.

Mande-me um e-mail.
condevlad3@gmail.com
Vamos conversar.

Ao som de Thick as a Brick do Jethro Tull, te confesso que suas palavras soaram ainda mais tristes.

Beijão do Conde, que sempre teve um pinguinho de esperança na Grandiosa Helo.

ricardo alves disse...

oque vc esperava? ação e recompensa?
saiba de uma vez por todas que homens em geral e quase toda a humanidade aguardam por tal situação!
não adianta agir na espera do "dízimo"...
somos corações gentis iludidos interagindo com pessoas que as vezes não lembram que são gentis...
grande blog amiga e estarei por aqui para comentar rs...
deixo meu carinho e respeito por ti!