Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


1 de março de 2012

Eu ArDo!






Eu ardo!
Em amor
Em desejo.
Carrego nos poros
O calor do mundo inteiro.
Uma chama que arde sem doer
Que arrepia minha pele
E me faz sempre querer.
Ouriça meus pêlos
E afaga meus cabelos...

Eu ardo!
O tempo pára
Os pensamentos voam
Meu coração descompassa.
E eu ardo meu corpo inteiro
Pois cada poro do meu corpo
Leva o calor do mundo inteiro.


Carolina Salcides

15 comentários:

Américo do Sul disse...

Bela viuva negra. O q comprova a tese do quão doce é morrer na ardência deste mar...

Américo do Sul disse...

Não é surpresa Carolina se admirar com os vôos do pensamento e nem com o berro q o gato deu...

Blue disse...

Basta apenas olhar, para se arder também. Mas pudera...
Valeu pela visita. Entendo e sei bem o que são ausências deste mundo "blogais".

Beijo

Ricardo Miñana disse...

Hermoso, es grato pasar por tu espacio.
feliz fin de semana.
un abrazo.

Will disse...

Delicioso poema, instigante.

sempre achei que corpo solitário de desejo é brasa, unido ao desejado são labaredas.

Um abraço!

Jota Effe Esse disse...

Com todo esse ardor, estás pronta para o amor. "Que seja eterno enquanto dure", como dizia o Poetinha. Meu beijo.

O Sibarita disse...

Ô dona moça! kkkk E eu que acabei de ler e olhando a foto ardo nas chamas da palavras, no pensamento, eu morro no desejo... kkkkkk

Muito bom!

O Sibarita

Ricardo Miñana disse...

¡¡muchas felicidades!!
en el dia de la mujer.
sin vosotras nada sería igual.
un abrazo.

Dilberto L. Rosa disse...

Muito bom, parabéns a Carolina! Lembrei-me de Drummond, que carregava todo o sentimento do mundo - já a poetisa (e sua interlocutora, pelo visto) levam nos poros todo o calor do mundo! Meu abraço às duas! E apareça SEMPRE, Helô!

wcastanheira disse...

Uuau um mimo, um texto quente, coladinho, uma foto sugestiva, instigante, provocativa, no ponto, pra vc mulher bjos, bjos e bjosssssssssss

Paco Bailac disse...

saludos y feliz primavera

Paco

Bixudipé disse...

Poesia de gozo! Frenesi sexual! Adorei!

Abração,

Rodrigo Davel

O Sibarita disse...

Oxente Fia! kkkkk Vai continuar ardendo, é? kkkkkkkkk

O Sibarita

Bem Resolvida disse...

Me descreveu!! com perfeição!!
agora explica isso pro meu marido!

Cabrito Lunático disse...

Lindo poema, quero sentir o calor do mundo inteiro "com minha pica em chama" que arde sem doer...