Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


5 de setembro de 2011

CoMo Uma LuVa...


Luva
Provando um pouco o ser diferente do que tenho sido...
E vou experimentando várias de mim, pra ver se uma hora eu me sirvo.
Quem sabe é isso?


Flávia Perez

7 comentários:

ST disse...

Obrigado pelas sugestões.
Beijos

Will disse...

Essa experimentação é que fascina que sente e quem vê a luva se encaixando e desencaixando em cada dedo, sendo vestida e despida, despida e vestida.

Ótima semana!

Américo do Sul disse...

Quem sabe, sempre soube q viver é correr em riscos. Nas linhas cruzadas tem sempre uma q nos ocupa sem culpas e nos amarra de forma alucinada...

Luna Sanchez disse...

Tem dias que a gente não se cabe mesmo, seja de alegria, de dor, de ansiedade...

Um beijo, querida.

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Oi Helô,
Um poema profundo e sensível de uma bela filosofia, sobre a nossa eterna metamorfose, e sobre a nossa eterna insatisfação em sermos sempre os mesmos.
Lindo poema!
E vc como sempre, com seus olhinhos sensíveis, sabe buscar beleza pra compartilhar.
Beijo com carinho.

ANA ROOS disse...

Oi Helô, conheci seu blog por intermédio de um amigo, e gostei muito mesmo, mas essa postagem tinha que comentar...

Estou me experimentando também, e que delícia é poder provocar todos os meus sentidos

Beijinhos no coração, se quiser aparece no meu blog, bjs te sigo...

1manview disse...

Provocativo poema, Helô...

Beijos ...