Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


30 de agosto de 2011

FReeDoM....

Liberdade é ação
É agir sem senão
Sem nenhuma razão
Nem complicação
É dizer sim e dizer não
Abrir o coração quando tiver vontade
É agir além da idade
É fazer o que se quer
Se o que você quer tem certo limite
Liberdade é seguir à risca o ‘não se limite’
Crie... recrie... procrie...
Faça e Aconteça
O que lhe vier à cabeça
Use sua criatividade
Monte seu quebra-cabeça
Encaixe as peças
Invente algo novo
Ou não encaixe
Nem em nada se enlace
Nem lace
Nem prenda
Liberdade é deixar ir
O amado que um dia volta
Se for pra voltar...Se não for... que fique por lá
Que te deixe livre
Pra descobrir o mundo
Pra se descobrir...
Liberdade é ter a vida dentro de si!



Vera Helena

11 comentários:

Cabrito Lunático disse...

Helô querida, vc me deixa em êxtase.
bj no coração

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Oi Helô,
Liberdade é o ir e o vir, assim como no amor.
Beijo grande.

Paco Bailac disse...

Felicidades por tu compromiso con la belleza.

Paco

Luna Sanchez disse...

E um viva à ousadia, né, Helô?

=D

Beijo, beijo, beeeeeeeijo!!!

Helio Thompson disse...

A ousadia não me surpreende, mas o contexto achei bastante interessante.
Principalmente sobre a liberdade...
Muito legal!

Bjos.
Helio

Helio Thompson disse...

Ah! Esqueci, escolheu bem a foto. Digamos que ela é bem, como direi...uma bela ação, um bonzão...rs...

Bjos.

Will disse...

Helô,
perfeitas considerações da Vera. Perfeita a imagem, a liberdade da peça íntima sento tirada como se tirasse o juízo de quem vê.
Perfeito!
Bj

ST disse...

Viva a liberdade ;)
Beijos

Decifra-me ou Devoro-te disse...

Liberdade é ação
É agir sem senão
Sem nenhuma razão
Nem complicação...

Vera Helena
http://helonuaecrua.blogspot.com/2011/08/freedom.html

É não ter medo de sentimentos,
Nem de passos dados
Sem pensar no momento
Que incide,
"cantar por que
o momento existe”
É conviver com as incertezas
Na certeza de ser feliz
É conviver com o sorriso
Mesmo que a lágrima queira sair
Liberdade é viver, sentir
Amar sem medo de cair,errar
É se permitir
Tomando cuidado
Para não se ferir
E quando machucado
Não culpar o passado
Por passos que deu errado,
Sacudir a poeira, que queda
Que nada, botar um sorriso no rosto
E continuar nesta estrada
É isso que presta,
Pois não sabemos
O quanto nos resta
Desta vida... Nossa festa!!!
Livre-se de amarras
E de preconceitos
Faça o que julgar o certo
Mesmo que o certo seu
Para os outros
Não seja direito...!

Gilson Costa

Harshad mehta disse...

freedom is letting go...
So true!

1manview disse...

Às vezes, você tem que amar o suficiente, para deixar ir ...

Belo poema ...

Abraço ...