Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


28 de julho de 2011

SeReiA AFoGaDa...




Em oceanos sem navios, ela navega sem olhos,
impregnando o vento de dúvidas, buscando no céu
aqueles caminhos desencontrados da terra,
da sua guerra surda, com a delicadeza
de uma sereia sem voz...

Dentro dela existe um mar que morre devagar,
após o jantar, após os passos pesados dele,
pela casa, à deriva...

Quando ele percebe que ela respira,
é sempre tarde demais...
E ela, afogada na distância, nunca quer mais.


Karla Bardanza


Read more: Karla Bardanza http://karlabardanza.blogspot.com/

5 comentários:

Luna Sanchez disse...

"...um mar que morre devagar..."

Suspirinhos.

Beijo grande, lindeza.

Will disse...

Alguns instantes vem como ondas na praia, chega, lambe a areia e se não tiver pés para molhar volta para o oceano com a oportunidade desperdiçada.

Adorei esse espaço, haja sensualidade. Parabéns!

Cabrito Lunático disse...

Oi linda, belo poema, é daqueles homens que nunca percebe o belo ao seu redor ou em sua volta.
bj gde

@louco_polemico disse...

bela imagem. belas palavras

Blue disse...

Vontade de mergulhar,
e em oceanos assim,
ficar a deriva...

Beijo