Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


1 de setembro de 2009

EnGaNoS Da PaiXão


É muito fácil mergulhar de cabeça numa paixão...
Difícil é aceitar algum acidente de percurso ou até mesmo o seu final!
Um simples desentendimento, algum impedimento, uma pequena discussão e mágoas eclodem, de parte a parte, até que um deles parte cheio de decisão!
Às vezes, bastaria apenas um tempo na situação, longe do afã da emoção...
Logo de cara vem mágoa, raiva e frustração!
Daí começa a confusão, pois mistura-se razão com emoção, despeito com dor no peito, coração ferido com orgulho desmedido, e por aí vai...
No fundo, o que não suportam mesmo é a sua própria solidão...
E sabem qual é normalmente a primeira reação?
Partem cheios de sedução e determinados a achar, na marra, outra paixão; ao invés de tentar se entender e analisar com isenção a sua real situação...
Do luto?! Que nada... nem querem saber não!!
Dão-se auto cura, juram que estão prontos pra se jogarem em outra relação, e tudo ainda tão vivo no peito, detonam como puro engano ou ilusão!
Saem assobiando com desdém e mentem pra si mesmos como ninguém!
Dizem que tudo já era, o outro não mais importa e fingem nem perceberem o vazio que se instaurou no coração!
No fundo, o que não suportam mesmo é a sua própria solidão...
Alegam que tudo fizeram e o outro só retribuiu com ingratidão...
Nem se dão conta que sem o outro, não conseguem ser um Eu total...
A nossa felicidade interior começa no amor próprio, na auto-estima e não somente num contrato de aluguel no coração!
O nosso melhor inquilino é a nossa auto-admiração!
Temos de nos gostar, nos aturar, nos amar, pra depois sim amar alguém; do contrário se fica é refém de outrem...
No fundo, confundem o estar solitário por opção com o buraco negro de sua solidão...
Nem se dão conta também do estrago que possam ter causado em outro alguém, que lá estava quieto no seu canto, e quando se deu conta, já estava preso, tal qual um inseto, nas teias da sedução!
O tempo passa, a raiva cede, a saudade bate, o casal reata, avivam a paixão; sem sequer se importarem com o locatário temporário que sem querer fez foi papel de otário...
E ao contrário do que pensam, continuarão sem se dar conta do vazio de sua própria solidão...
E de ilusão em ilusão nunca saberão quem realmente são...


Helo Muller
01/08/2009

19 comentários:

Christi... disse...

É isso aí...falou tudo
finalizou com chave de ouro, de ilusão em ilusão, nunca saberão quem realmente são..

bjs anjo, linda terça pra ti

Christi... disse...

Amei o estilo do sapato da foto do perfil.

Roberto Ney disse...

Afinal, não sabemos nem quem realmente somos... não é?
Decifrar o outro é uma tarefa árdua e perene. Temos que compreender que jamais haverá um entendimento absoluto. Sempre haverá uma penumbra e algumas incertezas...

beijo grande!
e uma semana com muitas outras inspirações...

Blue disse...

Solidão machuca e assim procuramos, talvez a paixão.
E aí encontramos muitas vezes...
a dor!

Beijos

Erica Maria disse...

Ah, amiga lindo texto...

Bjos.

Francisco disse...

Helô!
Seu texto além de perfeito, é verdadeiro.
Gostaria de comentar de outra forma, mas enquanto eu lia, fui ficando de "orelhas caídas", tal qual um cachorrinho que tive e que ficava assim sempre que eu dizia "umas verdades" a ele! rsrsrsrs
Beijãozão!

Rosemildo Sales Furtado disse...

É uma forma egoísta que a pessoa tem de atingir o seu parceiro. Só que, mesmo sabendo não ter nada para oferecer, partem para uma nova conquista, pouco se importando em machucar aquele(a) que vai entrar de gaiato(a) na história. No final, faz as pazes com o(a) parceiro(a), e o(a) idiota que fique à ver navios.

Beijos,

Furtado.

rouxinol de Bernardim disse...

Muito estilo, muita classe, enfim, arte pura numa escrita envolvente, sensual, madura e agridoce!

Uma amora silvestre-literária!

Léo Metallica disse...

Oh Helô... Doeu em mim este texto tão forte.

"Temos de nos gostar, nos aturar, nos amar, pra depois sim amar alguém;"

Destaco esta parte do texto. Isso daí é princípio básico do TAO, devemos conhecer a nós para depois conhecer o próprio. Pois senão...

"Nem se dão conta também do estrago que possam ter causado em outro alguém, que lá estava quieto no seu canto, e quando se deu conta, já estava preso, tal qual um inseto, nas teias da sedução!"

... Podemos ferir o outro. A pior das dores é machucar sentimentalmente.

Espero Helô, que este tipo de situação não esteja sendo desenlaçado contigo, pois é uma situação muito chata.

Direto do Rio.
Beijos.

wcastanheira disse...

Uauau q bom tê-la conosco, alimentar a alma e a retina com sua página, virou um vicio vir até aqui, bjosssss.

rm disse...

Quem sou eu, Helô, para discordar de texto com tamanha precisão?
Desses que só brotam da experiência e da parcimônia. E sem cerimônia e muita ciência separam da Babel de relacionamentos aquilo que realmente conta.
Aponta, ademais, para o equilíbrio, aspecto com menor brilho que a paixão, mas muito mais saudável para o coração.
E crônica com rima é tudo de "bão"!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Perdemo-nos em ilusões quando estamos mesmo à procura de preenchimento para nossas carências.

Seu poema é a verdade "nua e crua"!

Um beijo!Sonia Regina.

Casal do Arrocha disse...

Passando pra deixar um cheiro!
Bjs...

Poeta69 disse...

É bom saber que estás de volta...
Sou teu fão incondicional...
Beijos

L ü G o R disse...

Helo, essa questão que aborda o tema autoestima sempre me atraiu; até porque a minha tá mais para metrô do que boeing, rsss. Eu também descobri um método eficaz para dar um UP na minha autoestima: ser prestigiado com a sua visita e ler comentários como o seu. Simples, não é?
Seja feliz.

{pérola}_MD disse...

Adorei... simplesmente ADOREI seu cantinho. Parabéns pelos textos e imagens. Beijos carinhosos

▒▓█► JOTA ® disse...

.
.....oooO.............
....(....)....Oooo....
.....)../. ...(....)..
.....(_/.......)../...
.............. (_/....
... PASSEI POR .......
.......... AQUI ......
......................

P'ra desejar...
ótimo fim-de-semana

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .` . .
|. . . . . |. . .|
. . . . ./ . ./
.. `=( /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| _,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
Beijo enorme !!
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **?*?

--
► Jota Ene ๏̯͡๏

Luxuria disse...

Paixão, desilusão, solidão e nova paixão.

É a vida, minha amiga.

Beijo de luxuria

AWFImóveis disse...

Todo sonho e ilusão são inerentes!
Por isso eu fico contente...
Com a sua alma Incandescente.
Baccios Linda