Bem vindos a minha " Aldeia Blogal " !


"O Diabo mora nos detalhes"...


5 de julho de 2009

It's Now Or Never


Desejo que não acontece
Fica parado no peito
Aí vira obsessão.

Bruna Lombardi


25 comentários:

Anônimo disse...

desejo que não acontece não vira obsessão, permanece desejando. quer meelhor? quando o desejo acontece perde-se para sempre, sacia-se, morre a vontade. e esse elvis aí era um bocado palerma, não?? :-) se o now was ever, it will never be...

Nely disse...

Concordo que pode virar obsessão.
É como a tentação, só a vencemos se lhe cedermos.
O amigo "Anonimo" saberá o que é desejo?
Beijo com...arrepio na pele.

Anônimo disse...

o amigo anónimo sabe o que é desejo, lhe garanto!!!! e lhe asseguro que é muito BÃO!!! risos... só não sei o que é ceder-lhe, isso não. aliás, sei, a certos níveis de desejo, tentação. no fim fica um vazio a substituir, mas há desejos insubstituíveis, sacou?... esses, insubstituíveis, dão medo de perder para o vazio... "nunca diga nunca"... :-) essa a essência do desejo!

Luxuria disse...

Desejo não pode ficar parado, tem que acontecer,é bom de mais para virar obsessão.



beijo de luxuria

Kenia Chan disse...

O Helo! Vc é muito bonita! É serio estava vendo suas fotos ai com estas crianças, provavelmente da sua familia. Vc e muito bonita!

Paulo disse...

Eu não consigo ver nenhuma foto tua Hêlo!

Thiago Maia disse...

Pra mim, é interessante um desejo contínuo, meio que enrolado... Ele dá oportunidades para uma imaginação fértil entrar em ação. Mas também nem pode demorar demais, o desejo perde a graça, fica obsoleto...

BEIJO.
ÓTIMA SEMANA.

Tetê disse...

hummm...

Sei não, mas acho que desejo insaciável, no máximo nos
remete a uma saudade dolorida, ou algo
similar,
mas obsessão??

Não!!

Agora, se há uma tendência de fundo neurótico, paranóico...
ai, já não sei,
mas dentro dos limites de daquilo que considero saudável... não acredito em patologias psiquiátricas!


E deixa, Helô! meu desejo aqui!! Não complica não!!


Rsss



BjOO

Anônimo disse...

Quando o desejo não acontece, vira obsessão, e a obsessão vira paranoia, podem crer.


beijo

Blue disse...

Desejos e paixão,
caminham de mãos dadas.
Se um não acontece,
o outro não pode virar obsessão.

Mas diria, vendo a bonita foto: que lugar bom para ficar esperando...

Beijos

Erica Maria disse...

Ô se vira...

Adoro Bruna!!!

Bjos minha linda!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Passei para desejar-te uma ótima semana e dizer-te que pra mim, tanto faz desejo como obsessão dá no mesmo, depende do entendimento e da complascência da parte desejada.

Beijos,

Furtado.

LEO disse...

Deseja q nao acontece, brocha!
não tem coisa pior q desejo q vira pensamento e q vira lembrança de como seria!
Bjsss do LEO
Não esqueça....

Silvio Koerich disse...

Desejo que não acontece me deixa na mão.

Quando li isso aí eu lembro dakele cara que vai todo animado pra cama e a mulher está com dor de cabeça.

Aí vira obsessão e raiva rs

Anônimo disse...

o amigo anónimo insiste: desejo e obsessão não pertencem à mesma categoria de emoções (pois creio seja disso que falamos e não satisfação de necessidades básicas). A obsessão pode ser sim de foro psiquiátrico (quem disse que não acredita em doença mental?!!!...sorte a sua, eheheh), pois a própria definição implica algo que extravasa os limites do "normmal", digamos, do desejo. Acham adequado falar em desejo de lavar as mãos 200 vezes por dia? não, pois isso é obsessão! desejar alguém, e mesmo isto "tem mais que se lhe diga", varia de intensidade e mesmo de tipo de desejo. Aqui se fala presumo de desejar alguém sexualmente, que não envolve apenas o sexo ou ato mas o desejo de estar perto, de explorar os sentidos o mais que pudermos, tacto, gosto, audição... mas quando tal se concretiza deixou de ser desejo, ele está se explodindo por assim dizer e toda a distãncia, seja física, geográfica, ou até proximidade, que alimentaram o desejo, a imaginação como alguém falou aí, a dúvida, o dilema, o agridoce do desejo se perde, pois finalmente se apresenta "o prato" para degustar, devorar, lambuzar,... e por mais bem decorado que ele venha a tendência é para não deixar uma migalhinha que possa deixar fermentando outra vez o "bolo"... :-) se assim for, talvez valha a pena que aconteça o desejo, e essa mesma incerteza (consumir-se-á todo ou continuará crescendo) também faz parte do desejo. Ele se resume a uma motivação de dentro, fortíssima, uma espécie de vendaval que nos arrasta com força ao encontro de. Depois a resistência pode ser capricho ou não... mas isso já dá outro post, helô.
boa semana recheada de desejos, acontecendo para aqueles que assim desejam, se enrolando para outros...

"amigo anónimo"

Helô Müller disse...

Por que "anônimo", hein Seu Anônimo ?? rs

Acho que Bruna quis nos dizer que a partir do momento em que um desejo não é cumprido, torna-se uma "idéia fixa" na mente do querente ! Daí pra uma "obsessão" - não necessariamente a nível patológico - é um pulo !!
A palavra "obsessão" estaria sendo usada para dar ênfase ao sentido desta "idéia fixa", e não necessariamente à doença patológica, propriamente dita ! Seria um "recurso", digamos assim, que o poeta se apossa para dar sentido à idéia que está querendo transmitir ...
Assim, penso eu !

Everson Russo disse...

Quando ele não acontece pode até virar obsessão, mas quando ele acontece "It's now or never", é agora ou nunca...dai fica bom,,,beijos querida, uma linda semana pra ti de carinho e paz...

Moacy Cirne disse...

Grato por seguir o Balaio, minha cara. Você tem muito bom gosto, a partir da epígrafe do blogue (de Guimarães Rosa, não?). A seleção dos textos e das fotos é da melhor qualidade.

Um abraço.

Tetê disse...

Helô,

retificando...


Não acredito em desejo como obsessão e esta de certa forma, ou por completo é uma patologia psiquiátrica, sim! sem dúvida.

Desejo, como patologia, não!

Desculpa, Helô...

Mas essa droga de palavra é mesmo (ainda) um problema sério...


BjOO de boa semana!

Christi... disse...

Gostei dessa definição viu. Ainda mais, que por corroer, a pessoa fica mais fragilizada a ter obsessões sim e misturar algo que seria simples, como matar o desejo (ou não tão simples assim. rs), ficar em neuras.

Querida !!!! Adoro vc comigo lá nos cantos

E melhoras na alma, que ela terá seu ponto de descanso

Beijos, vou navegar por aqui.

Chris

Christi... disse...

Fui lá embaixo, amei as fotos dos netinhos. Lindos !!!
Que cabelo é esse helô ? Lindo, moldura viu.

Paulo Tamburro disse...

Realmente, obsessão, mas os antigos também,diziam que encruava!

A Bruna Lombardi, reinou absoluta nas fantasias libidinosas das fantasias masculinas, durante muitas década(70/80, por aí) e além de belíssima sempre teve a virtude da literatura em sua vida.

E a música do Elvis, tem tudo a ver pois, este negócio de desejo é agora ou nunca!

Só gostaria, caso fosse possível, que você Helô que,nos brinda com textos e mulheres maravilhosas, pedisse a senhorita do chapéu preto que o tirasse, pois,assim ,
teriamos uma visão mais completa do conjunto da obra!

Este pedido fica anulado, caso tratar-se de um travesti(rsrs)

Finalmente, saiba que a LUANA é muito, muito mais bonita que você, é linda e dê-lhe um beijão do Tio Paulo.

Quanto ao Guilherme, torço para que ele venha ser um grande jogador de futebol e seja VASCAINO!!!!

Você tem netos lindos.Realmente!

UM GRANDE ABRAÇO!!!

Helô Müller disse...

A "Vó Babona" agradece aos fartos elogios dirigidos aos seus adoráveis netinhos ...... Amo de PAIXÃO estas pessoinhas !! rs

Paulo Tamburro:
Vc não existe !! As suas postagens são um capítulo à parte em qualquer Blog que tenha a sorte de receber os seus hilários e inteligentes comentários !! Obrigada pela fartura deles, aqui, hoje !!rs

Helô

O Sibarita disse...

Ômopai! kkkkk Desse jeito viro obssesor, e ai?

É ruim, é? Né não? Que bom! kkkkkkkk

Poemeto porreta!

bjs
ZéCorró

exoticlic.com disse...

quando a gente quer algo e não acontece é de matar! paciencia tem limite e a minha é suicida!